No 27 de Maio de 2013

“Ao som do David Zé mato saudades e lembro as vítimas do 27 de Maio de 1977 em Angola. Nos quatro minutos que dura esta canção, lembro também os muitos que lutaram e sonharam por uma Angola independente mas que já depois dessa independência acabaram presos e torturados nas cadeias de Luanda e em campos espalhados por esse país.

Neste 27 de Maio, data trágica para tantos angolanos, lembro também o meu pai, que não cheguei a conhecer. Vergo-me perante a coragem da minha mãe, orgulho-me muitíssimo do meu outro pai de quem gosto tanto e lamento imenso que o meu avô, a minha avó e os meus tios tenham passado por uma tristeza tão grande.

Neste 27 de Maio espero ainda a criação de uma Comissão de Verdade. Um organismo independente que, ao menos, se esforce por encontrar as valas comuns e que possa entregar às famílias os restos mortais das milhares de pessoas que o regime fuzilou.

Obrigado pela vossa solidariedade.”

Rui Tukayana

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.